O Poder Restaurador da Graça

Pr. Almir de Freitas

Texto Base: João 21:1 – 18

 No texto base a bíblia nos revela a passagem onde Pedro decide voltar a sua profissão antiga e por fim todos os discípulos resolvem segui-lo, Pedro era influente, foi discípulo de Jesus durante todo o seu ministério e a bíblia nos relata diversas situações onde ele, mesmo andando com Jesus diretamente acabou falhando e fazendo coisas que aos olhos dos legalistas são inexplicáveis, mas Jesus tornou essas situações, em ocasiões propícias para demonstrar amor e graça sobre ele. Vejamos alguns tópicos sobre o poder restaurador da graça:

  1. Somos seres inconstantes e incoerentes, por isso precisamos tanto da graça de Deus: Quantos de nós vivemos uma vida regada por incoerência, conseguimos sentir atração e repulsa ao mesmo tempo, quando somos tentados, sentimos a repulsa pelo pecado mas por outro lado nos sentimos atraídos pelo pecado.  Qual o limite da paciência de Deus para conosco?

Jesus nos ama, apesar da nossa incoerência, apesar dos nossos sentimentos contraditórios, sua mão graciosa está estendida para nós em todo o tempo.

Jesus conhecia Pedro e sabia tudo que ele já tinha feito de errado, mas ainda assim perguntou se Pedro O Amava, e isso demonstra que Jesus estava restaurando a intimidade com Pedro.

Essa é a prova de que Deus não desiste de nós, não há buraco profundo demais que a mão de Deus não nos alcance, nem lugar tão escuro que Ele não seja o farol sobre você, Ele não desiste de nós e a sua graça sempre nos alcançará.

Não importa quão complicada e confusa esteja a sua vida, Ele é o Deus que vai endireitar e corrigir a sua vida, trazendo uma Nova História sobre você, através da Graça do Senhor.

  1. Pedro estava decepcionado por causa do seu temperamento: Pedro era alguém que tinha um temperamento explosivo, impetuoso, ele cortou a orelha do soldado quando Jesus foi  preso. Ele queria Jesus de cumprir seu propósito, que era morrer na Cruz.

Pedro tinha ânimo dobre, uma hora dizia que morreria com Cristo, logo depois o negou três vezes.

“O homem de coração dobre é inconstante em todos os seus caminhos” Tg. 1:8-9

A graça do Senhor alcançou e restaurou Pedro apesar de seu Temperamento!

  1. Pedro estava decepcionado por causa do seu caráter: Jesus orienta que a nossa palavra seja sim, sim, não, não. (Mateus 5:37) Isso nos fala de caráter. Pedro não conseguia honrar suas palavras precipitadas por causa de seu caráter defeituoso e isso o levou a uma profunda decepção consigo mesmo.

Será que a decepção consigo mesmo tem tomado a sua vida pelo fato de não conseguirmos sustentar um caráter aprovado, não temos honrado compromissos, horários, trabalhos, não temos controlado bem nosso dinheiro e temos acumulado dívidas resultando no nome sujo, sem falar nas promessas não cumpridas que fazemos a Deus.

Assim como Pedro, nos sentimos mal porque nosso caráter é tão ruim quanto o dele, mas assim como a graça e misericórdia do Senhor alcançou a Pedro a mesma graça vai te alcançar ainda hoje.

  1. Quando temos deficiência de caráter, então surge à culpa: a nossa deficiência de caráter dá lugar à acusação, angustia , a alma fica ferida e a nossa consciência fica pesada.

Satanás é o nosso acusador, e ele nos acusa de dia e de noite, quando falhamos por causa de um caráter tortuoso, somos muitas vezes massacrados por acusações.

“E ouvi uma grande voz no céu, que dizia: Agora é chegada a salvação, e a força, e o reino do nosso Deus, e o poder do seu Cristo; porque já o acusador de nossos irmãos é derrubado, o qual diante do nosso Deus os acusava de dia e de noite.”

Apocalipse 12:10

“Cheguemo-nos com verdadeiro coração, em inteira certeza de fé, tendo os corações purificados da má consciência, e o corpo lavado com água limpa.”

Hebreus 10:22

A culpa é um ídolo porque, uma vez instalada, nos faz viver em função dela e não mais do Senhor e isso é pecado.

  1. Jesus veio conversar com Pedro: Jesus mandou um recado para todos os seus discípulos, mas o único que foi citado o nome foi Pedro: “Mas ide, dizei a seus discípulos, e a Pedro” (Mc 16:7).

Porque Pedro? Jesus manda chamar os discípulos, mas acrescenta o nome de Pedro porque sabia que ele já tinha se excluído.

“Disse-lhes Simão Pedro: Vou pescar. Dizem-lhe eles: Também nós vamos contigo. Foram, e subiram logo para o barco, e naquela noite nada apanharam.Jo 21.3-4

Essa passagem nos mostra o que acontece quando erramos, a nossa tendência é voltar aos velhos hábitos, assim como Pedro abandonou o chamado de Deus e voltou para a pesca, sua antiga profissão.

Quantos irmãos quando erram, abandonam o chamado de Deus e voltam às práticas antigas, muitos desistem por causa do erro e pensam que não há mais solução.

Pedro quando decidiu voltar atrás, levou outros com ele, mas a tentativa de voltar atrás foi frustrada, pois eles não pescaram nada. Quando retrocedemos, e muitas vezes até levamos pessoas conosco estamos saindo do propósito de Deus e voltando a viver uma vida vazia. Outra coisa que acontece é a falta de êxito no retrocesso, a nossa vida passará a ser um deserto e deixaremos de produzir da mesma maneira de antigamente.

Pedro voltou atrás por não se achar digno de participar do grupo, mas o Senhor o surpreende e o chama pelo nome para mostrar que nunca desiste de nós e que seu amor gracioso nos alcança cada vez que erramos.

“Dar-te-ei os tesouros escondidos, e as riquezas encobertas, para que saibas que eu sou o Senhor, o Deus de Israel, que te chama pelo teu nome.” Isaías 45:3-4

“Sejam vossos costumes sem avareza, contentando-vos com o que tendes; porque ele disse: Não te deixarei, nem te desampararei.” Hebreus 13:5

Deus não desiste de você, o amor Dele vai até o fim, e hoje Ele te chama pelo seu nome.

  1. A restauração de Pedro: Após Pedro ter negado Jesus, logo no primeiro encontro Jesus restaurou a vida de Pedro, da mesma forma, Cristo quer restaurar a nossa vida.

Pedro negou Jesus diante de uma fogueira, e foi diante de uma fogueira que Jesus comissionou os cuidados com as Ovelhas de Jesus a Pedro. O mesmo homem que havia negado a Jesus, dias depois estava cuidando das Ovelhas de Jesus.

Talvez o encontro de Jesus com Pedro soasse como um confronto, mas na verdade foi uma conversa de Amor e Perdão, inundada pela Graça de Deus.

Aprenda que estamos sujeitos a erros, mas ao errarmos nunca devemos correr de Deus, devemos correr para Deus.

  1. O Senhor não veio acusar, veio para restaurar: De maneira nenhuma Jesus lançou em rosto as inúmeras falhas de Pedro, naquela conversa a intimidade foi restaurada e não havia espaço para acusações, a única coisa que Jesus perguntou foi: “Pedro, você me ama?”.

Tudo que o Senhor quer saber de nós é se nós o amamos, pois Ele está mais interessado nos nossos corações do que em nossas falhas e defeitos. Jesus te conheceu ainda em sua infância te conhece melhor do que você mesmo, mas Ele te ama e a coisa mais importante para Ele é: “Você me ama?

Se você o Ama, Ele mesmo se responsabiliza em transformar a sua vida. A única coisa que Deus precisa de você são respostas positivas ao Amor Dele!

  1. Pedro negou três vezes e três vezes o Senhor pergunta se ele O ama: “Pedro você me negou três vezes, então vou lhe perguntar três vezes para que você possa falar três vezes. O mundo espiritual vai ficar empatado, e depois quando você me disser: “Mestre eu vou te Seguir”, vi ficar 4 a 3 para você Pedro, a negação vai perder no final.”

Você falhou em algum ponto? Você caiu em algum ponto? O Senhor vai deixar você voltar ao mesmo lugar para se reafirmar, para se levantar diante das suas circunstâncias, diante dos seus inimigos, diante dos seus acusadores. Você crê nisso?

Eles não tinham pegado nada, mas Jesus os manda voltarem no lugar da derrota e lançar as redes novamente, e ali eles encheram as redes de tal maneira que já não podiam puxar.

Jesus te leva de volta no lugar da sua vergonha e derrota para restaurar sua fé, sua confiança, sua honra, mas acima de tudo para te ensinar que não é uma questão de estar certo ou errado e sim uma questão de ter a benção do Pai de amor.

  1. O Senhor constrói a mesma cena para Pedro ser restaurado: Sabe o que é mais incrível que Jesus preparou um cenário semelhante ao que Pedro caiu. A bíblia relata que Pedro caiu em um pátio, onde as pessoas estavam ao redor de uma fogueira se aquecendo (ver Lucas 22:55). No novo testamento só existem dois lugares que nos fala de fogueira, um é onde Pedro negou a Jesus, o outro é onde Pedro falou que ama Jesus, isso não é impressionante?

Nem mesmo o lugar de sua queda será a lembrança do seu fracasso, mas sim o lugar da lembrança da sua restauração. Quando você passar por aquele lugar e o inimigo quiser te acusar com lembranças de sua queda, você poderá responder que aquele é o lugar da sua restauração, onde Deus mudou a sua sorte.

  1. O resultado final da restauração do Senhor na vida de Pedro: E o Deus de toda a graça, que em Cristo Jesus vos chamou à sua eterna glória, depois de haverdes padecido um pouco, ele mesmo vos aperfeiçoará, confirmará, fortificará e fortalecerá” 1 Pe 5:10

Sabe o que isso significa? Que Deus não é o Deus de toda cobrança, nem de todo legalismo, nem de todo moralismo humano, Deus é o Deus de toda graça e se você ama a Jesus , você será firmado, fortificado, fundamentado e aperfeiçoado na graça do Senhor!

O que tem prendido você hoje? Deus está com seus olhos ternos colocados sobre nós e você é o alvo da graça de Deus, mas você pergunta: “E o meu caráter tão decepcionante pastor, minha vida tão inconstante?” Você é um alvo da graça de Deus.

A Verdade mais poderosa e libertadora que precisamos saber é que somos amados do Pai.

Somente aqueles que sabem que Jesus os ama podem crescer seguros na fé, serem úteis nas mãos do Senhor, sem que fardos pesados do ego e da religião sejam colocados em seus ombros.

“Pastor, qual é o caminho então para mim, o que eu tenho que fazer agora?”

Apenas responda a pergunta de Jesus:  “Filho você me ama? Filho você me ama? Filho você me ama?”.

 

 

 

3 ideias sobre “O Poder Restaurador da Graça

  1. paraíba

    gostaria de ver a palavra da semana logo na segunda ou no máximo terça feira. Aonde estou não dá para ir na igreja, mais fico ancioso para ver a palavra do Domingo.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>