Alinhando-se ao Propósito de Deus

Pastor Vagner de Oliveira 

Texto Base: I Samuel 1:1-36

O Reino de Deus é para os sonhadores, planos e alvos fazem parte disso. E o projeto de Deus é simples: ter filhos parecidos com Jesus, por isso é tão importante estar alinhado com o propósito de Deus para nossa vida. Para tratar disso, vamos falar sobre a vida do profeta Samuel, mais precisamente de seus pais.

Elcana, pai de Samuel, tinha duas esposas, Ana e Penina. Aqui já vemos que Elcana estava fora do propósito de Deus. Elcana estava preocupado apenas com sua própria vida, e como Ana era estéril e não podia ter filhos, Elcana arrumou outra mulher, Penina. Outro desalinhamento que vemos é o fato de Penina ficar zombando de Ana por ela não poder ter filhos, e por esse motivo, Ana passou a querer ter filhos pelo motivo errado, só para não mais ouvir as provocações de Penina. Vemos na palavra também que Ana chorou amargamente e passou a não comer mais. Ela estava tão triste que desistiu de tudo e se isolou, mas essa não é a solução correta para Ana, entretanto ela se posicionou e achou a graça de Deus. Vejamos alguns princípios e atitudes que Ana tomou para se alinhar ao propósito de Deus para a vida dela.

Primeiro ela comeu e bebeu (I Samuel 1:9). Ana estava “largada”, e resolveu agir e se levantar, se posicionou e começou a se alinhar. Todos estamos sujeitos a dificuldades e amarguras, mas para onde isso nos leva? Me tranco no quarto escuro triste e sem comer, ou busco a presença de Deus chorando no colo d’Ele? Comer, se exercitar, aponta para uma vida saudável e valorizada.

Vemos as coisas dos outros como melhores que as nossas, mas é preciso olharmos para baixo e ver o quanto já crescemos, é preciso valorizar tudo quanto Deus já nos concedeu. Quantos gostariam de estar de pé e estão no chão? Ana voltou a ter esperança, e os problemas dela o levaram aos pés do Senhor. Ana foi para mais perto de Deus, passou a ter mais dependência do Senhor. O que muda o coração de Deus é quando estamos alinhados ao Seu propósito. No colo do Senhor temos esperança.

Ana foi específica com o Senhor. (I Samuel 1:11). Ela pediu um filho homem, sendo bem específica. Todo projeto deve ter nome e tempo, planejamento. Ana não pediu qualquer coisa, ela pediu detalhadamente. Muitas vezes não recebemos nada porque não falamos com Deus, não estabelecemos alvos, não somos claros com o Senhor, e assim permanecemos desalinhados, sem um rumo a ser tomado.

Precisamos ter um grande nível de intimidade no relacionamento com o Senhor, Ele é o nosso Pai! Ele tem desejo de se relacionar conosco, de me ouvir, de saber aquilo que eu tenho desejo, de onde eu quero chegar, tudo isso é simplesmente relacionamento. Jamais seja religioso, antes seja íntimo do Senhor.

Também podemos não receber algo porque temos vivido o propósito distorcido. Um exemplo como pergunta é: porque eu desejo multiplicar a minha célula? Para fazer festa ou para expandir o reino?

Ana fala que seu filho seria nazireu, ela declarou que ele seria separado. Essa era a motivação correta, o propósito estava correto. Dependendo do meu propósito e do meu alvo, vou alcançar coisas grandes ou pequenas. Somos a Eclésia, a Igreja, por isso nosso propósito deve estar ligado aos propósitos do Senhor.

Agora Ana passa a orar e ter relacionamento com o Senhor (I Samuel 1:12). Quando temos encontros genuínos com Deus, nossa vida muda. Vemos o relacionamento de Ana com Deus mudar a sua vida, e até mesmo o seu semblante mudou, tudo por causa da experiência que ela teve com Deus. Não podemos viver pelas circunstâncias, mas pela fé. Não vou receber, eu já recebi lá na cruz, eu já recebi lá nos lugares celestiais, agora é hora de tomar posse. Ana ali recebeu uma fé poderosa, pela experiência que ela teve com Deus. Ali ela deixou sua face “carrancuda” de lado.

Para alcançar sonhos e projetos precisamos estar alinhados ao propósito d’Ele, precisamos nos posicionar, ter fé naquilo que o Senhor já fez. A fé move o coração de Deus, junto com meu posicionamento. Como vão crer em mim, se nem mesmo eu acredito em mim?

Em I Samuel 1:19-20, vemos o Senhor se lembrando de Ana, e nasce Samuel, um dos maiores profetas da bíblia. Samuel só nasceu porque existiu uma Ana para sonhar, para realizar o projeto. E então o projeto tomou forma, e nasceu Samuel, a esperança para a nação de Israel.

Ana já tinha consagrado Samuel ao Senhor antes mesmo dele nascer, a criança já pertencia ao Senhor, mas quando ele nasce, Ana primeiro cuida dele e espera ele desmamar, para depois entregar Samuel ao Senhor, como vemos em I Samuel 1:21-22.

Ana antes de entregar seu bebê, cuidou dele primeiramente. Isso aponta para a consolidação, o cuidado, o discipulado. É necessário preparar o nosso sonho. Só teremos filhos se estivermos dispostos a cuidar deles. Precisamos amamentar primeiro com leite, comida sólida para bebê não pode. A bíblia diz que Ana cuidou do filho ao peito, e isso é o cuidado, é o zelo, o acompanhamento. Ana não tinha noção de quem seria Samuel no futuro, mas cuidou dele da melhor forma que ela podia. Queremos criar nossos filhos espirituais virtualmente, mas não existe essa possibilidade, precisa ter calor humano, o pastor precisa sentir o cheiro de sua ovelha. Não é muito agradável limpar as fraldas de uma criança, mas é necessário, e isso é papel dos pais. Mas lá na frente podemos ver o resultado do cuidado, da consolidação. Todo filho precisa de alguém que o mostre a direção a ser tomada.

E então depois de todo o cuidado de Ana com Samuel, depois dele ter sido desmamado, Ana cumpriu o seu voto e levou Samuel até o Sacerdote, e entregou o menino (I Samuel 1:24). Entregar um filho deve ser um papel muito duro para uma mãe ou um pai, mas Ana o fez, e ofereceu o seu melhor na casa de Deus. Mas esse sacrifício de Ana não parou por ai, e ela levou também outras ofertas para o Senhor. Ana estava tão grata à Deus, que ofertou ainda mais para o Senhor.

E então Samuel cresceu, e começou a exercer o seu chamado (I Samuel 2:18), nessa fase ele não precisava mais do leitinho, não precisava mais de comida de bebê, não precisava de um cuidado tão de perto, de trazer ao peito todo dia, agora Samuel precisava de comida sólida. Isso aponta para a liderança.

Ana levava para Samuel todo ano uma túnica nova para ele (Samuel 2:19), porque cada vez mais ele crescia, e a túnica ia ficando pequena. Túnica antiga impede o crescimento, libere o seu filho para ele crescer. A túnica representa a visão, logo, devemos dar visão nova para nossos filhos vestirem, alcançarem novos lugares e novos níveis no Senhor.

Com base em todo esse estudo, podemos tomar para nós, todos esses princípios e atitudes que Ana usou na vida dela, para assim ficarmos alinhados com todos os propósitos de Deus para nossas vidas. Invista, e não desista de si mesmo. Por um tempo Ana desistiu dela própria, mas logo percebeu que não era o correto a se fazer, e confiou em seu Deus. Confie no Senhor, e use a palavra d’Ele como base para sua vitória, como base para se alinhar ao propósito de Deus para sua vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>