A igreja

Nossa história

Em meados dos anos 80, alguns irmãos, moradores da cidade de Mauá-SP e membros da 1° Igreja Batista de Sto. André (PIB), foram levados pelo Espirito Santo a terem um encaro por sua cidade e iniciaram um trabalho evangelístico em suas casas.

Deus foi acrescentando novos membros a esse grupo, oque os levou a iniciarem, debaixo da benção do Pr. Edson Queiroz (PIB), um novo ministério.
Depois de passarem por diversos locais e com um grupo maior, finalmente em Março de 1988, conseguiu-se alugar uma casa na Av. Portugal, a qual era um casarão velho, daí­ o nome Comunidade Casarão.

Em 1993 mudaram para um prédio maior na R- Onze de Junho, onde havia, muitas coisas a serem realizadas.
Uma nova fase Deus tinha reservado para nossa comunidade, no ano de 2001, iniciou-se a transição da igreja para o modelo de células (grupos pequenos nos lares), o que nos levaria ao crescimento de membros e qualidade espiritual.

Houve um crescimento explosivo da igreja nesta Época, onde se deu a conversão de muitas pessoas através das células.

Em pouco tempo, Deus nos abençoou com muitos lideres de célula, discipuladores e consequentemente, obreiros à pastores de rede foram levantados para auxiliar no apascentamento do rebanho.
Desde 2005 o Pr. Almir de Freitas o presidente da Comunidade e tem, juntamente, com a igreja a cobertura espiritual do Pr. Aluísio Silva da Igreja Videira em Goiânia.

Atualmente estamos envolvidos na plantação de novas igrejas em nossa e em outras cidades. Deus tem feito parte, todos esses anos, desse projeto maravilhoso!

Nossa Visão

Nosso encargo é edificar uma igreja de vencedores, onde cada membro é um ministro e cada casa é uma extensão da igreja, conquistando assim, a nossa geração através da igreja celular.

Cremos

Que ha¡ um só Deus, que eternamente subsiste em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espí­rito Santo. (Dt 6:4, Mt 28:19, Mc 12:29)

:: Que a Bí­blia Sagrada é a inspirada palavra de Deus, a única regra de fé e prática para a vida e o caráter do cristão, a qual composta do velho testamento e do novo testamento. (II Tm 3:14-17)

:: Que por causa do pecado, o homem perdeu a presença de Deus, e que somente o arrependimento e a fé na obra exclusiva e redentora de Jesus Cristo é que o pode restaurar a Deus. (Rm 3:23, Atos 3:19)

:: Que são necessário que haja um verdadeiro novo nascimento pela fé em Jesus Cristo, e Que só pelo poder atuante do Espí­rito Santo e da palavra de Deus, para tornar o homem merecedor do Reino dos Céus. (Jo 3:3-8)

:: Que somos perdoados, na salvação presente e perfeita e na eterna justificaçãoo da alma recebida gratuitamente de Deus pela fé no sacrifício efetuado por Jesus Cristo em nosso favor. (Atos 10:43, Rm 10:13, Rm 3:24, Hb 7:25 e Hb 5:9)

:: Que o batismo bíblico só efetuado por imersão do corpo inteiro, uma só vez, em Águas, em nome do Pai, do Filho e do Espí­rito Santo, conforme determinou o Senhor Jesus Cristo. (Mt 28:19, Rm 6:1-6, CL 2:12)

: Que é necessário vivermos uma vida santa mediante a obra expiatória e redentora de Jesus no calvário, através do poder santificador do Espí­rito Santo, que nos capacita a viver como fiéis testemunhas do poder de Jesus Cristo. (Hb 9:14, I Pe 1:15)

:: Que o batismo com Espírito Santo são para os salvos e que nos é dado por Deus mediante a intercessão de Jesus Cristo, com evidência de falar em outras li­nguas conforme a sua vontade. (Atos 1:5, Atos 2:4, Atos 10:44-46, Atos 19:1-7)

:: Que os dons espirituais são distribuídos pelo Espírito Santo à igreja, para sua edificação, conforme a sua soberana vontade. (I Co 12:1-12)

:: Que a segunda vinda de Jesus se dará¡ em duas etapas. A primeira invisível ao mundo, para arrebatar a sua igreja fiel da terra, antes da grande tribulação, e a segunda visí­vel e com a sua igreja glorificada, para reinar sobre o mundo durante mil anos. (I Ts 4:16-17, I Co 15:51, Ap 20:14, Jd 1:4)

:: Que todos os salvos hão de comparecer diante do tribunal de Cristo, para receber o galardão pelos seus feitos em favor do evangelho de Cristo aqui na terra. (2 Co 5:10)

:: Que a punição eterna ao í­mpio incluindo a separação e a perda da comunhão com Deus, é o destino final do homem irregenerado juntamente com Satanás e seus demônios. (Ap 20:11-15)

:: Que a vida eterna de gozo e felicidade junto ao Pai Celestial, está¡ reservada a todos os fiéis, ou seja, aquele que perseverar até o fim. (Mt 25:46)